Hidrocefalia

Ventriculomegalia consiste na dilatação dos ventrículos cerebrais, independentemente da causa. O termo Hidrocefalia é usado para casos de ventriculomegalias mais graves, cuja etiologia é habitualmente obstrutiva. A Ventriculomegalia é causada por malformações cranianas, cerebrais ou lesão destrutiva; está frequentemente associada a anomalias ou síndromes fetais, incluindo anomalias cromossômicas e infecções. Este trabalho visou abordar as características, etiopatogenia, anomalias associadas, métodos diagnósticos e repercussões fetais da ventriculomegalia, através da revisão de algumas bibliografias. Foi possível esclarecer aspectos inerentes às etapas de desenvolvimento intrauterino e pós-natal da ventriculomegalia. A ultrassonografia é um método propedêutico que trouxe benefícios para a obstetrícia moderna por se tratar de um procedimento de baixo custo, não invasivo, inócuo, capaz de identificar com detalhes estruturas fetais esse método de diagnóstico por imagem têm permitido a detecção mais precoce de ventriculomegalia, assim como, se necessário a associação de outros exames como a ressonância magnética, aliado a história pregressa familiar são ferramentas consideradas essenciais para o diagnóstico da patologia.

Contate-nos!

Atendimento online indisponível no momento. Envie sua mensagem e retornaremos o mais breve possível.

Olá! Como posso ajudar?

Clique para enviar

Para mais informações

Seu nome (obrigatório)
Seu telefone (obrigatório)
Seu e-mail (obrigatório)
Seu interesse
Comentários
×

Para mais informações

Seu nome (obrigatório)
Seu e-mail (obrigatório)
Sua mensagem
×